Processamento da banana verde!!! vejam o brigadeiro funcional!!




Esta receita é rica em fibras, se trabalha com a Banana Verde, ( verde que nem o Louro José da Ana Maria Braga). pode-se usar qualquer uma, contudo na Banana da Terra, fica ótima também.

Tudo que se adiciona à ela, ganha sabor. Excelente para crianças que possuem prisão de ventre (pode-se trabalhar com a Polpa ou com a Fibra).

Possui amido resistente, contribuindo para o controle da glicêmia!!

Veja as receitas, marvilhosas !!! Todas fazem sucesso!!!





PROCESSAMENTO DA BANANA VERDE : PASSO À PASSO

 

 

Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágüe bem.

Numa panela de pressão com água fervente ( para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água, por 20 minutos.

Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos, e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas.

Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da água da torneira, por exemplo.

Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela.

Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não enfarinhar. O produto que sai do processador é a biomassa bruta da polpa.

Corte então as extremidades das cascas de banana que sobraram e deixe de molho em água com suco de limão entre 30 e 40 minutos.

Agora faça a biomassa que desejar com o processador elétrico.

 

RESUMO DE BIOMASSAS:

 

P = biomassa de polpa

 

F = biomassa de fibra ( casca )

 

I = biomassa integral ( casca e polpa )

 

Dicas : Essas três biomassas brutas podem ser transformadas em biomassas especiais com acréscimo de leite ou de água.

 

 

BIOMASSA P ( DE POLPA)

Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador;

Processe até obter uma pasta bem espessa;

Se não utilizar imediatamente, guarde a polpa em saco plástico;

Pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador, mas necessitará de um reprocessamento ( leia depois o reprocessamento ).

 

BIOMASSA F ( DE FIBRA, UTILIZANDO A CASCA DA BANANA VERDE)

Depois de cozidas, retire as cascas das bananas e coloque-as em uma solução previamente preparada de 1litro de água com o suco de 2 limões grandes.

As cascas deverão permanecer nessa solução por um período mínimo de 30 a 40 minutos. Depois poderão passar pelo processador elétrico. O produto resultante é a biomassa de fibra.

Para fazer a casca picadinha, repita o processo das etapas 1 e 2. Após o tratamento, segure as cascas empilhadas e corte-as em pedacinhos a seu gosto ( com tesoura ou com a faca inox) e utilize-as como legume, em viradinhos, farofas, etc..

Para seu uso em patês e molhos, é interessante utilizar o processador elétrico. Na falta deste, use máquina de moer carne inoxidável ou o manual de plástico ( com as lâminas em inox).

Se desejar a biomassa F mais encorpada, leve o conteúdo do processador ao fogo até engrossar ao ponto desejado.

 

DICA: A casca picada conserva-se por mais de 60 dias congelada em vasilhas ou sacos plásticos fechados. Descongeladas, poderão ser refogadas e utilizadas em receitas diversas.

 

 

BIOMASSA I ( INTEGRAL, USANDO POLPA E CASCA)

 

 

Coloque a casca de banana verde em uma vasilha com água com limão para tirar o residual da fervura. Não use vinagre, pois escurece a casca. Reserve.

Ponha a quantidade desejada de biomassa P ainda quentíssima no processador.

Pelo orifício da tampa, vá jogando as cascas de banana verde previamente picadas e tratadas na solução de limão.

Bata bem até obter uma pasta espessa, homogênea e esverdeada. Se estiver mole, pode voltar com ela ao fogo para engrossar ao ponto desejado.

BIOMASSA E ( ESPECIAL DE LEITE OU DE ÁGUA)

 

 

Separe a biomassa bruta P ( de polpa), F ( de fibra) ou I (integral) na quantidade desejada e coloque em uma panela com o triplo de leite ou de água ( receita básica). A quantidade de leite ou de água pode variar conforme a receita.

Leve ao fogo mexendo sempre até levantar fervura.

Despeje essa mistura no liquidificador e bata até obter uma massa fina e volte com ela ao fogo.

Mexa sempre para engrossar no ponto desejado.

Tire do fogo e deixe esfriar.

Depois de fria, a " biomassa especial", pode ser guardada na geladeira em uma vasilha de plástico ou vidro bem tampada por 10 dias. No congelador a durabilidade é de até 60 dias.

 

 

 

DICA: Só faça a biomassa especial de leite para utilização imediata. Caso contrário, prefira a biomassa especial de água.

 

COMO REPROCESSAR A BIOMASSA RETIRADA DO CONGELADOR

 

Coloque a biomassa congelada por 9 minutos na regulagem "descongelar" do microondas.

Se possível, retire o invólucro em que foi embrulhada.

Ponha a biomassa em uma vasilha refratária junto com 1 xícara ( café) de água e volte com ela ao microondas, na potência alta, por 2 minutos.

Se já descongelou e aqueceu bem, está no ponto certo. Senão torne a ligar o microondas na potência alta por mais 2 minutos, e assim sucessivamente, até que a biomassa esteja descongelada e bem quente.

Só nessas condições poderá ser levada ao liquidificador com 1 xícara ( café) de água fervente, ou então ao processamento sem a água, até virar uma pasta homogênea.

Em ambos os casos, bater bem para obter novamente a biomassa.

Na ausência de microondas, descongele-a à temperatura ambiente, e depois leve-a ao fogo com a água do descongelamento mais 1 xícara (café) de água.

Mexa a biomassa sem parar até que desmanche totalmente.

Se quiser apurar o ponto, deixe-a ferver mais, mexendo sem parar.

Se possuir liquidificador, é interessante bater bem quente. Se quiser encorpar mais ainda, volte com ela ao fogo até engrossar no ponto desejado.

 

 

DICA: Além de muita fibra , a casca picada e refogada contém proteína e tem sabor semelhante ao do cogumelo. É ideal para ser misturada no arroz ou na farofa, fazer viradinho de ovos, comer verdura refogada ou em saladas.

A polpa de banana cozida não pode entrar em contato com alumínio nem ferro, pois, irá escurecer. Por isso prefira panela de aço inoxídável. E, caso não possua processador nem liquidificador, use espremedor de batatas para amassá-las. Mas, se ele não for de aço inoxidável, esfregue-o com óleo de cozinha na hora de processar a polpa.

 

 

OBSERVAÇÕES:

 

Nas receitas que seguem a indicação "xícara" não se refere à xícara de chá caseira, mas sim a xícara do medidor convencional, exceto se especificado.

1 medida de biomassa corresponde a 1 lata de leite condensado.

" Forno médio alto" significa que a fôrma ou travessa deve ser colocada em forno médio, na grelha mais alta.

 

RECEITAS

BOLO ECONÔMICO E FUNCIONAL

Informação Nutricional

Pedaço médio: 50 g

Kcal : 200

Carboidratos: 11,3

Proteínas : 1,3

Lipídios: 16,3

OBS: A farinha pode ser substituída por qualquer uma sem glúten!

Ingredientes:

 

1 xícara de biomassa POLPA

1 xícara de óleo de girassol

03 ovos

½ xícara de açúcar light ( ou não, para quem precisa de ganho de peso)

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 xícara bem cheia de ( gérmen de trigo), (fécula de mandioca),( polvilho azedo), (farinha de semolina), ( farinha de arroz).

 

Modo de fazer:

 

Misture os secos ( açúcar, o gérmen de trigo e o fermento)

No liquidificador bata a biomassa, o óleo e os ovos

Junte o líquido com o seco, despeje em uma forma redonda untada e enfarinhada

Leve para assar em forno médio, pré-aquecido, por 30 minutos ou até atingir cozimento.

 

BRIGADEIRO FUNCIONAL

 

Informação Nutricional

Unidade pequena 6,3g

Kcal: 13,48

Carboidratos: 2,21g

Proteínas: 0,58g

Lipídios: 0,27g

 

Ingredientes:

 

1 lata de leite condensado desnatado

1 e ½ lata de biomassa de fibra ( casca)

1 colher ( sopa) cheia de manteiga

3 colheres de chocolate em pó solúvel da Nestlé

100 g de chocolate granulado para confeitar

 

Modo de preparo:

 

Misture todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo.

Mexa até soltar do fundo da panela, no ponto de enrolar os docinhos

Despeje em uma bancada e deixe esfriar.

Enrole normalmente, como se faz com o brigadeiro tradicional.

Passe no chocolate granulado.

 

Rendimento: 170 docinhos

GOMA DE LINHAÇA

 

Informação Nutricional

Porção: 200 ml

Kcal: 88,66

Carboidratos: 6,84g

Proteínas: 0

Lipídios: 6,8g

 

Ingredientes:

1 xícara de água

1 colher ( sopa) de semente de linhaça

 

Modo de fazer:

Deixar hidratar 1 dia. Bater no liquidificador ( coar ou não)

Esquentar ( não pode deixar ferver)

 

Obs: É bom para usar em preparações para dar liga.

CHANTILLY FUNCIONAL

 

Informação Nutricional

Colher ( chá ) cheia

Kcal: 3,57

Carboidratos: 0,72g

Proteínas: 0,06g

Lipidios: 0,07g

 

Ingredientes:

 

1 copo de requeijão de biomassa P ( polpa)

1 copo de 200ml de iogurte natural light

¼ de suco de limão

1 xícara de goma de linhaça

1 clara de ovo

 

Modo de preparo:

 

Bater tudo no liquidificador até formar um creme.

QUIBE FUNCIONAL

Informação Nutricional

Porção : 150g

Kcal : 185

Carboidratos: 23g

Proteínas: 9,5g

Lipídios: 5,72g

Ingredientes:

Meio quilo de carne de 2ª temperada ( alho,sal, cebolinha, ou manjericão,ou orégano,ou manjerona, ou louro em pó,ou gengibre...)

Meio quilo de proteína de soja hidratada e temperada;

1 copo de requeijão (200ml) de biomassa de fibra (casca), processada;

Meio quilo de trigo para quibe hidratado e temperado.

 

Recheio (pode colocar ou não):

 

Meio quilo de ricota

5 azeitonas verdes ( sem caroços)

Modo de preparar:

 

Tempere a carne moída e a proteína de soja e deixe de um dia para outro apurando o tempero.

Misture todos os ingredientes em uma travessa, amasse tudo com as mãos. Coloque numa assadeira média untada com óleo e espalhe a massa, em seguida coloque uma camada de ricota amassada com azeitonas picadas e azeite, cobrir o restante da massa, distribua alguns pontos de manteiga ( ou não) e leve ao forno médio por aproximadamente 30 minutos até dourar.

Corte em cubos e sirva.

Obs: O segredo para a proteína de soja ficar sem gosto desagradável é:

Ferver durante 5 minutos, depois colocar em uma peneira e lavar bastante em água corrente. Deixar de remolho de um dia para o outro, para depois temperar.

 

Para hidratar o trigo: Em um recipiente, despeje o trigo, adicione 5 copos americanos ( aproximadamente 1litro de água)

Deixe em descanso até que a água seja totalmente absorvida.

 

 

HAMBÚRGUER E ALMÔNDEGAS

 

 

Porção: 59g

Kcal: 50

Proteínas: 6,75g

Carboidratos: 4,3g

Lipídios: 1,75g

 

Ingredientes:

 

500g de carne moída sem gordura ( pode fazer com a carne de frango moída também)

500g de proteína de soja hidratada

3 cascas de banana verde processadas

2 ovos

2 pães franceses triturados

2 cebolas pequenas bem picadas

4 dentes de alho bem picados

2 colheres ( sopa) de salsa picadinha

sal a gosto

1 colher (café) de pimenta do reino moída (opcional)

 

 

Modo de preparar:

 

Tempere a carne moída e a proteína de soja e deixe de um dia para o outro apurando o tempero.

Misture todos os ingredientes em uma travessa, amasse tudo com as mãos. Se você perceber que está com pouca liga, coloque um pouco de farinha de trigo ou pão triturado para melhorar. Forme as bolinhas ou modele em forma de hambúrguer e coloque numa assadeira média untada com óleo. Leve ao forno médio por 30 minutos. Sirva simples ou com molho de tomate.

Obs:

O segredo para a proteína de soja ficar sem gosto desagradável é: ferver durante 5 minutos, depois colocar em uma peneira e lavar bastante em água corrente. Deixar de remolho de um dia para o outro, para depois temperar.

 

 

BOLO DE CENOURA COM COBERTURA DE CHOCOLATE

 

Ingredientes:

 

3 ovos

½ copo de óleo

2 cenouras médias

2 copos de farinha de trigo integral

1 copo de biomassa fibra ( casca)

½ copo + 2 colheres ( sopa) de açúcar light ( ou não)

1 colher de sopa de fermento em pó químico

 

Modo de fazer:

 

Colocar no liquidificador, os ovos, a biomassa F ( fibra), as cenouras com as cascas e o óleo. Bater bem a preparação

Ponha numa tijela a farinha de trigo integral e o açúcar light ( ou sem ser light)

Despeje o conteúdo do liquidificador sobre a farinha, mexendo bem. Por último adicione o fermento, distribua bem a massa.

Coloque a massa numa fôrma de bolo untada e enfarinhada.

Asse em forno pré-aquecido até dourar levemente.

 

CALDA (ingredientes):

 

½ xícara de açúcar (light ou não)

1 copo de requeijão de biomassa P ( POLPA)

2 colheres de sopa cheia de chocolate solúvel da Nestlé

 

Modo de fazer:

Leve ao fogo a biomassa com o chocolate solúvel

Quando estiver em ponto de calda adicione o açúcar light, mexa bem.

Deixe esfriar e coloque por cima do bolo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Teresa Elisabete Pavan Rodriguez - RJ
200966 visitas
Esqueci minha senha
Confira todas as receitas