Tapioca




Passo-a-passo da massa de tapioca para ser usada com recheio salgado ou doce. É melhor fazer com 3 dias de antecedência.



Ingredientes:

1 kg de polvilho doce

2 litros de água (a proporção de água é sempre o dobro do polvilho)

sal, se quiser (para esta quantidade, pode colocar uma colher (sopa, rasa); para fazer tapioca doce, é melhor deixar a massa neutra

Modo de preparo:

1º dia:

Despeje o polvilho e a água alternadamente, aos poucos, numa vasilha grande, de plástico com tampa, mexendo sempre com uma colher grande (de arroz), para não empelotar.

Ao final desta etapa, a aparência e a textura são de leite (bem líquido e sem pelotas).

Tampe e deixe descansar na geladeira durante uma noite, para a tapioca decantar. A tapioca fica embaixo e a água em cima, totalmente separadas uma da outra.

2º dia:

No dia seguinte, pela manhã, despeje a água fora. A tapioca fica um bloco compacto branco brilhoso, preso no fundo da vasilha.

Coloque um pano de prato bem limpo, dobrado, cobrindo toda a superfície da tapioca para absorver o excesso de água que ainda restar.

Deixe por umas 4 horas, ou a noite toda, se for possível.

Nesta etapa, se tiver pressa, pode espremer a massa num pano de prato seco para tirar o excesso de água (assim também dá certo).

3º dia:

A tapioca se transforma num bloco branco opaco, totalmente sem brilho: significa que o excesso de água saiu, mas ainda resta a umidade necessária.

Com uma colher grande, retire porções da massa e coloque, aos poucos, no processador para triturar (pode também passar pela peneira, caso não tenha processador).

Despeje a massa em vasilha seca, com tampa, e guarde na geladeira. Se não for consumir a massa toda em uma semana, é melhor congelar em pequenas porções. Depois de uma semana na geladeira, a massa de tapioca pode mofar. Caso congele, quando for usar, deixe a massa descongelar naturalmente. Não dá certo descongelar em micro-ondas.

Para assar:

Leve ao fogo para aquecer uma frigideira antiaderente de tamanho médio.

Coloque 3 colheres (sopa, cheias), da massa numa peneira funda, com trama não muito fina, e espalhe de maneira uniforme sobre a frigideira, que não pode estar muito quente. Para saber o ponto certo do aquecimento, ponha uma das mãos acima da frigideira e observe se está exalando calor suficiente para assar a massa, mas não queimar.

Não demore para espalhar a massa na frigideira, senão a massa que vai caindo não gruda e vira farinha (os grãos ficam soltos).

 Tempo de assar: mais ou menos 2 minutos no primeiro lado, e 1 minuto no segundo.

Se ficar mais tempo, a tapioca endurece e não enrola na hora de colocar o recheio.

Pode rechear a gosto: carne moída, carne desfiada, queijo, presunto, leite condensado, coco, goiabada derretida, etc.

Na hora de rechear, volte a tapioca para o primeiro lado, pois no segundo lado ela não enrola com facilidade.

Obs.: É possível molhar o polvilho na hora, com pouca água, fazer a massa e assar, mas não fica hidratado e gostoso como no modo de peparar acima descrito. 

Comentários

Maria Emilia de Almeida - DF
20072 visitas
Esqueci minha senha
Confira todas as receitas